Nayara Beia

Teacher, ariana, apaixonada por geografia, por do sol, viagens, livros, boa música, musculação e cheia de vontade de viver!!

terça-feira, 19 de novembro de 2013

"Só o que é bom dura o tempo bastante pra se tornar inesquecível."


O que fazer quando os seus erros e defeitos são maiores do que os acertos e qualidades?
Esse papo de que é errando que se aprende esta meio descontextualizado, o que adianta aprender com ele, se o erro te faz perder o  que você tinha de mais importante?
Duvidas, questionamentos, erros e defeitos... Será que todo ser humano é assim?
As vezes na pressa de encontrar a felicidade, acabamos tomando um caminho mais curto, que acaba é nos afastando dela.
Nesse enredo, pessoas se machucam (inclusive eu), choram e as vezes acabam deixando de acreditar no amor. Esse lance de "as coisas acontecerem na hora certa" não tem nada haver comigo. 
Deus me deu a sorte de amar minha profissão, ter uma familia excelente, amigos excepcionais, lógico que com tanta coisa boa assim, alguma coisa tinha que ficar de fora.
Se eu pudesse fazer um pedido, um único pedido. Não seria dinheiro, nem fama, muito menos eternidade, meu pedido seria, uma segunda chance de viver com a certeza que tenho hoje, de errar o menos possível, e de fazer quem eu amo feliz.
Mas infelizmente, a vida não é um conto de fadas, e não tenho a certeza se o final será mesmo feliz.
O que me resta é acreditar em um futuro melhor, cheio daquilo que até hoje só conheci superficialmente, a sorte no amor.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

A reciprocidade...

Aprender a respeitar as diferenças físicas e ideológicas do próximo, é o principio da democracia.Afinal, violência também pode ser verbal...
Quando alguém não agir com reciprocidade, não devemos pagar com a mesma moeda, não devemos em hipótese alguma permitir que em nosso coração cresça uma raiz de amargura. O convivio com pessoas de personalidade diferente da nossa, nos faz crescer como pessoa...

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Sexta a noite...

Não sei como devo chamar o motivos das minhas insonias... Não sei se chamo de problema, ou de oportunidade, se os vejo como superação ou como o caminho mais difícil..
Poucos irão se importar, afinal, viemos sozinhos, choramos sozinhos, crescemos individualmente...
Da mesma maneira que objetos sem valor são descartados nesse mundo consumista, assim são as pessoas.. Nao todas... Devemos saber peneira-las...
O seu sucesso, todos irão fazer questão de comemorar com você, mas poucos saberão tudo que foi abdicado por você pra ter chegado lá...
Noites mal dormidas, aquela banda que você queria muito ver, o filme mais assistido na noite que você nunca viu, a academia que você não foi capaz de fazer assiduamente por conta do cansaço  as conversas com sua melhor amiga que foram trocadas por livros.
Nunca fui muito tensa, muito menos ansiosa, mas esse 2013 usou e abusou do meu emocional.
Coisas boas aconteceram, e sei reconhecer. E dias como hoje, me fazem dar ainda mais valor aos dias bons.
Hoje não foi um dia fácil, e sei que até dezembro terá piores...
Calma, fé e esperança de dias melhores, chorar, também faz parte do caminho do sucesso.