Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014
Imagem
Já perdi o sono por inúmeros motivos ...  Chorando por um suposto amor não correspondido, pensando como seria a tão esperada festa de aniversário, preocupada com aquela monografia que mal tinha tempo para terminar de digitar, com medo da cirurgia do dia posterior, confusa mediante minhas decisões, ansiosa por ministrar minha primeira aula... Mas, nenhuma das minhas noites de insônia, foram por sentir uma felicidade estrondosa.  Um filme, uma arrumada no quarto, um lanchinho da noite e até mesmo Carlos Drummond resolve me fazer companhia com suas admiráveis poesias. Quase nunca leio poesia, é raro, mas quando me pego lendo... HUmmm... Já sei que algo esta acontecendo...É a revolução do amor? Afinal, ele muda mesmo a gente?  E quantas vezes já jurei nunca mais amar, quantas regras já me impus, posso ter ferido alguém como consequência das dores que me causaram. Há quem diga que superar uma paixão não correspondida, é o mesmo que superar um vício. Mas será o amor assim? Parecido com…

Não se monta um quebra-cabeça com peças iguais!

Imagem
Comecei o ano da melhor maneira possível, pessoas especiais em um lugar bacana, acho que seria ganância demais pedir que todos os dias fossem como a virada do ano, então desejei apenas ter um motivo todos os dias para sorrir... Sorrir pelo lindo nascer do sol, pela minha saúde, pelas pequenas realizações que acontecem na minha vida. Mas as vezes, mesmo tendo mil motivos para sorrir, fica faltando algo se não estou bem com você..
É como estar na praia mais linda do mundo em pleno dia de chuva, como ganhar o carro mais veloz e ter uma deficiência que me impede de dirigi-lo. Juro que dou o melhor de mim, e se algo sai inesperadamente errado é assim que me sinto. Sei que hora ou outra as diferenças realmente podem acentuar discussões ou conflitos, afinal,o ser humano tem necessidade constante de provar que está com a razão.. As vezes, nessa luta de "poder" um pode sair mais machucado que o outro.. Não quero estar com a razão, só quero poder sorrir.  Em pouco tempo o que não pas…