Você me fez sentir de novo, o que já não me importava mais.

Talvez seja melhor falar o que pensamos, conseguir se expressar sem medo de errar com as palavras. 
Mas  desculpe é escrevendo que consigo me libertar  completamente dos meus medos.
E quando eu acreditava já ter plena certeza de que era desprovida de sentimentos, você aparece na minha vida.
Desculpa esse meu jeito timida, desculpa por não falar o que voce gostaria de ouvir, ou por me faltar atitudes as vezes (ou quase sempre), ou por não saber a hora exata de falar, enfim desculpa por tantas desculpas.
 Mas é que você me deixa completamente imobilizada, me rouba as palavras e faz com que eu fique assim tão quieta. É incrivel isso. E sinceramente me preocupa, pois os sentimentos em mim que eu achava ter pleno domínio, começam a me dominar. E isso eu jurei que não iria mais acontecer, mais está ficando fora do meu controle.
Me sinto tão bem ao seu lado,  sinto coisas que há tempos não sentia e já nem me lembrava mais de como eram.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O pedido de casamento dos meus sonhos...

Um paraíso chamado CHAPADA DOS VEADEIROS... Onde ficar?

"Se eu pudesse te dizer, aquilo que nunca te direi.Tu poderias entender, aquilo que nem eu sei". Sigmund Freud (caso Dora)