Tive um vizinho que gritava com a namorada ao telefone, sem se importar que o prédio inteiro ouvisse: “Não sei o que fazer! Fico mal contigo e fico mal sentigo!”. Sempre achei essa situação desoladora, e nem estou falando do português do sujeito. É duro ter apenas duas alternativas (ficar ou ir embora) e ambas serem terríveis.
– Martha Medeiros

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um paraíso chamado CHAPADA DOS VEADEIROS... Onde ficar?

A escuridão é tão boa quanto a luz...

Buscando uma aventura ecológica de baixo custo ? Então vou lhe dar uma boa dica!!