Porque amor nao é ceder sempre...

Às vezes as pessoas que mais te amam são aquelas que menos lhe entendem, o amor também pode criar uma utopia...Às vezes o medo de perder de vista pode parecer assustador criando uma barreira para o que é lógico. Tento entender esse lado da coisa, ser mais relevante com as pessoas que eu sei que sentem afeto por mim. Mas na hora da razão aracionalidade fala bem mais alto, e pare de dizer que sou mal agradecida, sou agradecida demais, você não esta em minhas orações pra saber o quanto eu agradeço a Deus por tudo, só não concordo que, já esta bom, que não preciso ir alem, eu quero ir alem, quero ir até o ultimo passo para me tornar a pessoa que eu sempre sonhei em ser, não que não tenha orgulho de mim, mas ainda não alcancei a minha meta. E isso não significa ingratidão com Deus, como você diz, pelo contrario, significa que estou aproveitando ao Maximo as oportunidades e dons que ele me deu.
Sabe entendo sua visão, você teve ma vida totalmente diferente da minha, sem oportunidades, onde os conceitos eram totalmente diferentes, onde a mulher tinha apenas o papel de cuidar da casa e dos filhos, mas desculpe, eu não me vejo assim, e não quero ser assim. Tenho muito orgulho de você por conseguir se dedicar exclusivamente a isso, mas eu não sei se conseguiria.
E pode parecer cruel dizer isso, mas às vezes o seu excesso de afeto desenvolveu em mim inúmeros defeitos. Não estou falando da boca pra fora, estou dizendo de caso pensado. Sabe as vezes acho que você precisa sair mais, fazer amigas, conversar mais com outras pessoas, ler, ver outra coisa a não ser a novela das nove. E parar um pouco, de fazer meu café da manha, se preocupar com minhas roupas, colocar minha comida no prato e implicar se não quero comer na hora certa, parar de arrumar meu quanto quando por falta de tempo, o deixo bagunçado, parar de ficar toda hora implicando porque estou sozinha no quarto e você sozinha na sala e ficar falando que eu não converso, não é que eu não queira ficar perto de você, é que eu gosto de ficar sozinha pra ler, escrever meus textos, ouvir minhas musicas, refletir sobre meu dia. Sou adulta, ADULTA.
E tudo isso pode ter certeza que não é ingratidão, muito menos falta de afeto, isso é amor. Porque amor não é ceder sempre, e muitos menos agradar você e estar me desagradando, amor é ambas as partes estarem felizes, por isso mãe, entenda o meu jeito diferente porque eu também entendo seu modo de ser.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um paraíso chamado CHAPADA DOS VEADEIROS... Onde ficar?

A escuridão é tão boa quanto a luz...

Buscando uma aventura ecológica de baixo custo ? Então vou lhe dar uma boa dica!!