Eu posso parecer muito tola só porque eu tenho mais livros do que roupa, coleciono frustrações e amores perdidos ao invés de sapatos e perfumes de grifes. Mas me sinto feliz por saber que sou inteira, que sou mulher de carne, osso e estômago. Nada em mim é postiço, nem as unhas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O pedido de casamento dos meus sonhos...

Um paraíso chamado CHAPADA DOS VEADEIROS... Onde ficar?

A escuridão é tão boa quanto a luz...