Às vezes falar com pessoas começa a perder o encanto, principalmente quando as palavras sensatas começam a ficar escassas, daí apelo para o papel, que acaba sendo nessas horas meu melhor cúmplice... Eu escrevo desabafos, faço criticas cotidianas, e ninguém pra me julgar, dizer que sou exagerada e sistemática demais.
   Num mundo onde tudo parece normal, as pessoas acabam se acostumando com os fatos ruins, faço agora uma comparação peculiar... Pessoas que moram em lugares violentos, onde a criminalidade e mortes acabam se tornando acontecimentos normais, uma verdadeira violência simbólica. Assim é em relação a tudo, saúde, educação, política, transporte... As pessoas se acostumaram com as babaquices do nosso sistema.
    Como eu só me acostumo com coisas boas, fica complicado aceitar o mundo em que vivo. Vou dormir, quem sabe amanha acordo menos critica e mesmo de uma maneira errônea minha ignorância acabe me tornando uma pessoa mais feliz, que não se importa com o outro, ou com o meio...  Assim como a maioria faz..

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O pedido de casamento dos meus sonhos...

Um paraíso chamado CHAPADA DOS VEADEIROS... Onde ficar?

"Se eu pudesse te dizer, aquilo que nunca te direi.Tu poderias entender, aquilo que nem eu sei". Sigmund Freud (caso Dora)